PORTAL GOLEADA
NOTÍCIAS DO FUTEBOL BRASILEIRO

Palmeiras se manifesta após família de Endrick sofrer racismo

Endrick é o camisa 9 da Seleção Brasileira no Pré-Olímpico

Familiares do atacante Endrick, que pertence ao Palmeiras, foram vítimas de injúrias racistas durante a partida da Seleção Brasileira na disputa do Torneio Pré-Olímpico, na noite da última quinta-feira (8), na Venezuela.

Um torcedor da Venezuela, que perdeu para a Seleção Brasileira por 2 a 1, fez gestos racistas contra familiares do atacante do Palmeiras. O vídeo, que mostra um jovem imitando um macaco para o pai de Endrick, circula nas redes sociais.

Veja também

Na manhã desta sexta-feira (9), o Palmeiras se manifestou sobre o ocorrido por meio de postagem nas redes sociais.

“Manifestamos a nossa solidariedade aos familiares do craque Endrick, vítimas de injúrias racistas durante a partida da Seleção Brasileira contra a Venezuela, em Caracas, pelo Torneio Pré-Olímpico. Não toleramos qualquer forma de preconceito e esperamos que os responsáveis por este ato criminoso sejam devidamente identificados e punidos”, postou o Palmeiras.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) também se manifestou por meio de nota oficial divulgada no Twitter. Confira abaixo:

A CBF repudia os atos de racismo cometidos contra familiares do jogador Endrick ocorridos na noite dessa quinta-feira no Estádio Brígido Iriarte, em Caracas, durante e após o jogo em que a Seleção Brasileira Pré-Olímpica venceu a Venezuela por 2 a 1.

As manifestações de criminosos com camisas da seleção adversária eram dirigidas notadamente ao pai de Endrick, Douglas Ramos. Eles faziam gestos imitando macacos.

Tão logo informado sobre o episódio, o chefe da delegação da Seleção Brasileira na Venezuela, Daniel Vasconcelos, em nome do presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues, se solidarizou com o atleta e seus familiares.

A CBF foi a primeira entidade nacional de futebol do mundo a adotar no Regulamento Geral de Competições a possibilidade de punir esportivamente um clube em caso de racismo. A novidade foi incluída no RGC de 2023.

Desde 2022, a CBF faz uma série de campanhas de combate ao racismo no futebol. E conta com um Grupo de Trabalho que discute de forma permanente o assunto.

Endrick no Palmeiras

O atacante vem sendo um dos desfalques do Palmeiras neste início de temporada. O camisa 9 é titular e um dos destaques da Seleção Brasileira na disputa do Torneio Pré-Olímpico.

Endrick está em reta final de passagem pelo Palmeiras. Ele já foi vendido para o Real Madrid e vai se transferir em julho deste ano, quando estará com 18 anos de idade.

Veja mais

Comentários estão fechados.