PORTAL GOLEADA
NOTÍCIAS DO FUTEBOL BRASILEIRO

Raphael Veiga dispara após derrota do Palmeiras na Supercopa do Brasil

Raphael Veiga é titular absoluto do Palmeiras

Nos pênaltis, o Palmeiras perdeu o clássico para o São Paulo por 4 a 2 e ficou com o vice-campeonato da Supercopa do Brasil de 2024. O Verdão, que conquistou a competição no ano passado, buscava seu segundo título consecutivo. A decisão ocorreu na tarde deste domingo (4), no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Titular absoluto e homem de confiança do técnico Abel Ferreira, Raphael Veiga se pronunciou após a derrota do Verdão para o São Paulo.

Veja também

“Antes de tudo, parabenizar a torcida do Palmeiras. Mais uma vez deram show e cantaram o jogo inteiro”, falou Raphael Veiga, em entrevista ao Sportv, que em seguida disparou:

“A gente já ganhou, a gente já perdeu. Quem ganha tem que comemorar. O Palmeiras ainda é o maior campeão do Brasil e estamos só no começo do ano… Jogos assim tem menos chances. Eu tive uma cabeçada no começo, faltou um pouco. Tem vezes que você chuta, desvia e entra. Tem vezes que as coisas não acontecem. Sou grato por fazer parte desse time”, concluiu o camisa 23.

Veiga no Palmeiras

O meia vive grande fase na atual temporada. Em quatro partidas disputadas, o jogador já soma quatro gols marcados. Já no ano passado, Raphael Veiga brilhou com 18 gols e 16 assistências, em 60 jogos disputados.

O título da Supercopa do Brasil de 2024 é decidido em um duelo do campeão do Campeonato Brasileiro de 2023, no caso o Palmeiras, contra o campeão da Copa do Brasil de 2023, que foi o São Paulo.

FICHA TÉCNICA

Jogo: Palmeiras x São Paulo

Competição: Supercopa do Brasil (Supercopa Rei)

Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data e horário: 04 de fevereiro (domingo), às 16 horas

Escalação do Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez e Murilo; Mayke, Richard Rios, Zé Rafael, Raphael Veiga e Piquerez; Rony e Flaco López.

Escalação do São Paulo: Rafael; Rafinha, Arboleda, Diego Costa e Welington; Pablo Maia, Alisson, Wellington Rato e Nikão; Luciano e Calleri.

Veja mais

Comentários estão fechados.